blogsteiras

22 de novembro de 2004


As vezes escrevo aqui dizendo que o Brasil é um país surrealista. Continuo achando tanto como continuo acreditando que em mais uns 400 ou 500 anos teremos um país incrível, moderno, seguro, de povo instruído, de classes sociais variadas onde o pobre é pobre mas não miserável. Onde os ricos cotinuarão ricos mas não donos de tudo muito menos da verdade. Várias classes sociais sim mas com distâncias menores, plausíveis, aceitáveis. Um país onde os operários braçais ou mais especializados continuarão existindo assim como técnicos das mais variadas profissões realizando, criando, gerando e gerindo a economia de todos. Onde ser pobre não seja ignorância absoluta, não seja passar fome, não seja mendigar por não poder trabalhar.
Mas, por enquanto, continuo achando o país surrealista por todos os absurdos que vemos a cada dia. Mas tem coisas que nos surpreende! Não que os vizinhos do Paraguay estão em verdadeiro ´"pé-de-guerra", reclamando e protestando veementemente por conta da polícia federal brasileira não permitir que o contrabando comprado lá seja "internado" aqui???
Tenho que concordar... Se somos um país surrealista, não estamos sozinhos.....


Padu |

Home