blogsteiras

26 de janeiro de 2006


Interessante nossas reações no dia a dia... Com o sol se espalhando à vontade, trazendo um calor bravo, fico pensando em como reagimos com as variações do clima.
Quando está prestes a chover, com as nuvens se acumulando, escurecendo o céu, deixando um "ar pesado", ameaçador, grande parte dos motoristas parecem ficar possuídos.. Começam a dirigir como malucos, tomados de uma pressa sem qualquer outra razão aparente..
Em dias de muito calor esses mesmos motoristas parecem perder o "embalo". Se arrastam pelas ruas, andando lentamente com cara de "por que não estou tomando cerveja na praia?"

A meteorologia ou seus apresentadores também adoram fazer um drama. Agora mesmo ouvi uma dizendo que ontem foi o dia mais quente nos últimos 5 anos, etc... Oras, minha memória não é das melhores, mas isso lembro bem: 2002, princípio de fevereiro, estava me arrastando pelas ruas de Bangu, Oswaldo Cruz e adjacências vendo os termômetros marcando entre 41 e 45 graus.

Segunda passada, em Jacarepaguá, escondido numa sala com ar condicionado (e mesmo assim suando em bicas) via o termometro quase em frente à loja marcando 40,5...

Gostaria de saber onde medem essas temperaturas que nunca coincidem com o que sentimos na prática... Alem disso, fico imaginando quanta água está evaporando, formando nuvens e que, mais cedo ou mais tarde, virá de volta ao chão...
E já sabemos o que vai acontecer, não precisa nem assistir aos noticiáios. Enchentes, desmoronamentos, caos no trânsito, gente desabrigada.... E os governantes dizendo que estão tomando todas as providências e que no próximo ano tudo estará corrigido e essas desgraças não vão mais acontecer....

Parece que essa conversa é exatamente a mesma desde o tempo do tsunami que carregou a Arca de Nóe há muito tempo.....


Padu |

Home